quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Life Institute - Escola de Inglês em Orlando-FL



terça-feira, 30 de setembro de 2014

Busch Gardens lança cartão de fotos e aplicativo para compartilhar as experiências

photokey
 
Busch Gardens lança cartão de fotos e aplicativo para compartilhar as experiências  

PhotoKey permite aos visitantes armazenar, visualizar e compartilhar fotos instantaneamente

Tampa, Flórida (Outubro de 2014) - O Busch Gardens Tampa (FL) acaba de lançar o PhotoKey, um novo produto de fotos que permite aos visitantes armazenar, visualizar e compartilhar as fotos feitas durante a visita ao parque. Os usuários do PhotoKey podem reunir todas as suas fotos do dia usando o cartão PhotoKey. Além do cartão, com a mesma chave de acesso é possível utilizar o aplicativo do PhotoKey em qualquer aparelho com que tenha Apple Store ou sistema Android. No aplicativo ficam disponíveis as imagens coletadas durante o dia, podendo estas serem visualizadas e compartilhadas.

Os visitantes podem comprar o PhotoKey no site buschgardens.com ou em qualquer outra estação fotográfica dentro do parque. Com o cartão em mãos, basta apresentá-lo nas atrações ou para os fotógrafos do parque e as imagens serão carregadas automaticamente. Depois, para visualizá-las ou mesmo imprimi-las, o visitante pode dirigir-se às estações de fotos do parque. Caso prefira, pode acessá-las por meio do aplicativo ou pelo site buschgardens.com/photokey.

Benefícios do PhotoKey:

Acesso ilimitado: Todas as fotos carregadas no PhotoKey podem ser visualizadas e compartilhadas tanto por meio das estações fotográficas do parque, como no aplicativo do PhotoKey ou no site do programa
Economize nas compras: Receba descontos em produtos fotográficos do parque
Lembranças: Antes de serem compartilhadas ou impressas, as fotos podem ser customizadas no site do PhotoKey buschgardens.com/photokey.

Informações: Juliana Bordin e Marjori Schroeder - SeaWord Imaginadora Brasil

Mickey's Halloween Party | Disneyland Resort

Top Souvenirs for a Magical Disney Cruise Line Vacation | Disney Parks

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

De Polo a Polo, o SeaWorld inova nos cuidados veterinários

NovoLogo

 De Polo a Polo, o SeaWorld inova nos cuidados veterinários

King_Penguin2

Enquanto pinguins ganham a chance de enxergar melhor, tartarugas marinhas recebem cuidados em seus cascos

A equipe veterinária do SeaWorld está constantemente trabalhando para inovar nos tratamentos dos animais, sejam eles resgatados ou moradores dos parques. Os especialistas em cuidados animais já criaram mamadeiras especiais para alimentar baleias órfãs, próteses para salvar as tartarugas marinhas e vestimentas especiais para que os peixes-boi feridos pudessem boiar durante o processo de reabilitação. 

Recentemente, a equipe do SeaWorld Orlando encontrou soluções inéditas para dois diferentes desafios no cuidado animal:

Equipe veterinária faz parceria com clínica oftalmológica para tratar catarata de quatro pinguins

Quatro pinguins das espécies rockhopper e gentoo do SeaWorld Orlando realizaram, recentemente, uma cirurgia para remover o problema da catarata. Os animais foram trazidos para a clínica Animal Eye Associates em Maitland, Flórida, para uma cirurgia elaborada pelo oftalmologista veterinário, Dr. Heidi Denis.

"Com o passar do tempo, os pinguins começam a demonstrar problemas relacionados ao avanço da idade, assim como os humanos", disse a Dr. Lara Croft, veterinária sênior do SeaWorld. "Um desses sinais é a catarata - uma nuvem criada na lente ocular que afeta a qualidade da visão e qualidade de vida. Graças à cirurgia, esses quatro pinguins irão, aos poucos, recuperar a visão e voltar a ter uma vida normal, podendo se alimentar sozinhos e nadar".

Os quatro pinguins operados encontram-se na faixa etária dos 20 anos, o que excede a expectativa de vida de seus companheiros na natureza. Se um pinguim mais velho que vive na natureza apresentar problema de catarata, esse ficaria vulnerável aos predadores ou sofreria de fome.
 
Os especialistas em aves do SeaWorld notaram que alguns dos pinguins mais velhos da atração Antarctica - Empire of the Penguin não estavam comendo e precisavam ser alimentados individualmente. Os veterinários os levaram para uma consulta com a equipe oftalmológica do Animal Eye Associates.

"Cataratas é um problema bastante presente em nossos animais com mais de 20 anos, mas agora nós teremos consultas oftalmológicas para todos nossos pássaros mais velhos. Além dos pinguins que recentemente fizeram a cirurgia, 17 pinguins já passaram por esse procedimento desde que foi criado", disse ela. 

Utilização de receitas caseiras para tratar dos cascos de tartarugas resgatadas

Recentemente, a Equipe de Resgate Animal do SeaWorld recebeu uma jovem tartaruga-verde com uma grande ferida em seu casco, provavelmente oriunda de um choque com embarcação. A tartaruga foi levada para o SeaWorld Orlando por meio do Grupo de Pesquisa sobre Tartarugas Marinhas da Universidade da Flórida Central. 

Ao chegar, a tartaruga marinha foi para a sala de cirurgia, onde radiografias foram realizadas, além de exames de sangue e um exame veterinário completo. Após o casco ter sido limpo, a veterinária sênior do SeaWorld cobriu o local com um curativo à base de mel. Ela escolheu usar o mel no casco aberto em razão das propriedades antibacterianas naturais presentes na substância, além de ser osmoticamente densa, ajudando a remover as impurezas, detritos e o tecido morto encontrado no casco. Após a aplicação do curativo à base de mel, uma pomada especial para assaduras foi colocada sobre os ferimentos para que assim a tartaruga pudesse voltar a nadar normalmente. O animal será monitorado durante as próximas semanas.

Apenas em 2014, o SeaWorld Orlando já resgatou 36 tartarugas marinhas. Em colaboração com o governo e outros membros de iniciativas confiáveis, o SeaWorld Parks & Entertainment opera um dos mais respeitados programas de resgate a animais marinhos doentes e feridos, visando a reabilitação e o retorno desses à natureza.

Informações: Juliana Bordin e Marjori Schroeder - Imaginadora SeaWorld Brasil


quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Busch Gardens aguarda nascimento de bebê-gorila

Busch Gardens

Busch Gardens aguarda nascimento de bebê-gorila

Pele_-_Busch_Gardens_Tampa_01


Com 12 anos de idade, a mamãe gorila espera seu primeiro filhote
 
TAMPA, Flórida (16 de setembro de 2014) - Pele, uma gorila de 12 anos da espécie gorila-do-Ocidente está grávida do seu primeiro filhote. Com uma gestação de oito meses e meio, o nascimento do bebê-gorila está previsto para novembro deste ano.

Essa gravidez faz parte do Plano de Sobrevivência das Espécies (SSP, em inglês) - uma cooperação entre o Busch Gardens e a Associação de Zoológicos e Aquários (AZA, em inglês). A missão da SSP é gerenciar, de forma cooperativa e específica, as espécies ameaçadas de extinção em parceria com as instituições associadas à AZA. O gorila-do-Ocidente é uma espécie ameaçada de extinção.

A Pele chegou ao Busch Gardens em fevereiro de 2010, vinda do zoológico Gladys Porter em Borwnsville, no Texas. Rapidamente, ela se enturmou com os outros gorilas do parque, incluindo Bolingo, um dos machos que se apaixonou por ela. Nascido em novembro de 2005 no próprio parque, Bolingo foi o primeiro gorila a nascer no Busch Gardens Tampa, parte de um programa de reprodução de grande sucesso.

Tanto Pele e Bolingo quanto os outros gorilas do Busch Gardens Tampa podem ser vistos na área Myombe Reserve do parque. A mamãe gorila continuará na área para observação do público até dar à luz seu filhote.

Informações : Juliana Bordin e Marjori Schroeder - Imaginadora SeaWorld Brasil